Médico nazista no Brasil: Dr. Josef Mengele

mengele-medico-nazista

O que o médico nazista Dr. Josef Mengele* fazia no Brasil? Ele é mais conhecido como o “anjo da morte”, oficial da SS e chefe do campo de concentração de Auschwitz. Ele foi genocida e criminoso de guerra, utilizou a medicina na promoção da eugenia. Muitos seres humanos foram utilizados como cobaias de experimentos médicos. Muitos medicamentos, procedimentos clínicos e cirúrgicos foram testados nas raças “inferiores”, como judeus.

Após a Segunda Guerra Mundial, alguns médicos nazistas foram julgados no Tribunal de Nuremberg, mas outros fugiram ou mesmo isentados pelos seus crimes. Primeiro, Dr. Mengele viveu na Argentina e, mais tarde, no Brasil, onde morreu, em São Paulo. Abaixo, listamos algumas perguntas que deferiam ser respondias pelos pesquisadores da saúde:

  • Quais as relações entre os sistemas de saúde nazista e brasileiro, uma vez que ambos faziam parte do Movimento Eugenista Internacional e queriam promover uma raça “superior”?
  • Quais as similaridades entre os profissionais de saúde nazistas e brasileiros, uma vez que ambas defendem sanitarismo, higienismo, “healthism” e políticas compulsórias?
  • Quem ajudou, acobertou e protegeu Dr. Mengele no Brasil, uma vez que tinha documentos falsos e viveu sem grandes preocupações, inclusive frequentando praias?
  • Dr. Mengele continuou trabalhando como médico, seja diretamente ou indiretamente, uma vez que outros cientistas nazistas foram recrutados noutros países, como URSS?

Há uma diversidade de perguntas sem respostas acerca da estadia do Dr. Mengele no Brasil, o maior médico genocida da história. Apesar disso, há várias evidências históricas de que o sistema de saúde brasileiro recebeu fortes influências do nazismo. O próprio psiquiatra Franco Basaglia, ao visitar o manicômio de Barbacena, percebeu as similaridades com campos de concentração nazista. Quais os riscos do sistema de saúde brasileiro transformar os profissionais de saúde, como médicos e enfermeiras, em genocídas?

Fale comigo.

* Dr. Mengele era militante do Partido Social Nacionalista dos Trabalhadores, mais conhecido como Partido Nazista. Ele obedecia de forma "cega" as políticas públicas do Terceiro Reich. Naquele contexto, para ser professor universitário, pesquisador ou profissional de saúde, era praticamente obrigatório a militância política nazista.

WAF PSI© (31) 9 9385 6239, Contagem, MG, Brasil.