Sintomas de depressão: não é só tristeza

sintomas-de-depressão

Os sintomas de depressão são diversos, sendo as alterações de humor apenas os sinais mais visíveis. Além da tristeza, a depressão é acompanhada de várias alterações cognitivas. Por esse motivo, é importante que as pessoas depressivas aprendam que suas mentes não estão funcionando da melhor maneira. Abaixo, listamos alguns exemplos de sintomas de depressão*:

Alterações cognitivas na depressão

Alterações de humor: a pessoa sente-se costumeiramente triste, com vontade de chorar ou chorosa. Ela pode se ofender mais facilmente que o habitual ou chorar por coisas que não choraria. Não raro, a pessoa sente vontade de chorar na angustia, não consegue e sente mal-estar na garganta ou estômago;

Alterações psicomotoras: a pessoa sente-se fraca, não tem força e animo para fazer as coisas. Aquilo que lhe causava prazer no passado pode ser vivido como chato e sem sentido. Aquilo que fazia com grande facilidade, como tomar banho e fazer compras, pode ser vivenciado como “um saco”;

Alterações de pensamento: a pessoa sente seu pensamento mais pesado e lento. Ela tem mais dificuldade em compreender e se cansa mais facilmente com assuntos complexos. Não raro, a pessoa permanece “aprisionada” em pensamentos de fracasso, pessimismo e menos-valia;

Alterações de memória: a pessoa esquece mais facilmente fatos do dia a dia. Ela tem mais predisposição a lembrar de coisas negativas e esquecer as positivas. A sua memória pode ser distorcida por eventos fantasiosos, como reinterpretar um fato de forma negativa;

Alterações de atenção: a pessoa pode estar mais distraída, geralmente por estar circunspecta em pensamentos negativos. Ela tem mais dificuldade em se concentrar por períodos de tempo maiores. Não raro, fazer mais de uma atividade simultaneamente pode ser bastante cansativo;

Alterações no senso de “eu”: a pessoa tem uma visão distorcida e equivocada de si mesma. Ela tem sentimentos equivocados de vergonha e culpa. Não raro, é uma pessoa inteligente, bonita e agradável;

Alterações cognitivas mais graves na depressão

Alterações na sensopercepção: a pessoa pode ouvir vozes ou ver coisas que não existem. Ela pode também sentir coisas dentro e na superfície do corpo se remexendo. As alterações de sensopercepção são mais comuns em estados graves, como as depressões psicóticas;

Alterações no senso de realidade: a pessoa pode delirar, criar histórias que para as pessoas não fazem sentido. Ela pode achar que tem uma doença grave ou achar que seus órgãos estão apodrecendol. As alterações no senso de realidade são alterações graves, como as da depressão psicótica.

Avaliação científica da depressão

Os sintomas de depressão são bastante complexos, requerendo que o psicólogo utilize instrumentos científicos de psicopatologia para avaliação. A depressão é uma psicopatologia grave e, quando não tratada adequadamente, pode levar as pessoas depressivas ao suicídio. A psicologia dispõe de teorias científicas para o tratamento da depressão em suas raízes psicopatológicas.

Atendimento Psicológico Especializado (Leia).

Fale Comigo!

* Não utilizei termos técnicos da psicopatologia para que todos possam compreender. Esses são apenas alguns exemplos e somente profissionais qualificados podem diagnosticar.

 

 


WAF PSI© (31) 9 9385 6239, Contagem, MG, Brasil.