Antidepressivos naturais e eficientes

Read More
antidepressivo-natural

Há antidepressivos naturais bastante eficientes e sem efeitos colaterais negativos. Eles não são plantas medicinais, sucos espirituais ou chás milagrosos. Eles também não são incensos indianos, pedras místicas ou florais de Bach. Os antidepressivos naturais eficientes são técnicas da Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC). Abaixo, há algumas dicas de como as distorções cognitivas e comportamentos desajustados causam depressão.

Distorções cognitivas

A Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) descobriu que uma das principais causas da depressão é as distorções cognitivas. Pessoas depressivas cometem erros de raciocínio, memória, linguagem e percepção. Sendo assim, a tristeza, desanimo e baixoestima são consequências do uso inadequado da mente e comportamentos. As pessoas depressivas precisam reaprender a raciocinar, resolver problemas, tomar decisões e se comportar adaptativamente.

Por exemplo, se um rapaz diz para sua namorada depressiva “Você está muito bonita!”, ela poderia pensar “Ele só quer me agradar, pois sou feia!”. Por outro lado, se o rapaz não dissesse nada, ela poderia pensar “Ele nunca fala que estou bonita, pois sou feia”. Ou seja: independente do que o rapaz faça, a sua namorada sempre se sente feia. A namorada depressiva está presa em um paradoxo cognitivo, sendo a única saída o domínio de técnicas cognitivas-comportamentais.

Comportamentos desajustados

A Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) descobriu também que uma das principais causas da depressão é os comportamentos desajustados. Pessoas depressivas reforçam suas distorções cognitivas, fogem e se esquivam de estímulos aversivos, não raro ilusórios. Além disso, as pessoas ao redor das pessoas depressivas raramente sabem lidar com os problemas de saúde mental, por não dominarem as leis do comportamento.

Por exemplo, ao pensar “Meu namorado só quer me agradar, pois sou feia!”, a namorada depressiva pode reforçar esse pensamento distorcido. Ela pode se isolar em seu quarto, evitar o namorado, amigos e familiares, chegando, em caso mais graves, a delírios de ruína. As pessoas ao redor da pessoa depressiva podem prejudicar ainda mais sua saúde mental, reforçando a depressão. Em resumo, existem princípios universais do comportamento que a pessoa depressiva aplica para sair da depressão.

Considerações finais

A Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC) dispõe de antidepressivos naturais e bastante eficientes. Infelizmente, pessoas depressivas são frequentemente vítimas de charlatanismo e estelionato, uma vez que possuem várias distorções cognitivas e comportamentos desajustados. Pseudoterapias se aproveitam de sintomas psiquiátricos como se eles fossem fenômenos espirituais. Assim, as pessoas depressivas ficam ainda mais confusas, doentes e dependentes de gurus da Nova Era.

Alguns de meus artigos

Sintomas de depressão: faça avaliação grátis (Faça).
Cinco erros comuns no pensamento depressivo (Leia).
Quatro erros comuns no pensamento suicida (Leia).

Tratamento para TOC: Terapia Cognitivo-Comportamental

Read More
tratamento-transtorno-obsessivo-compulsivo

O tratamento para TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) pode ser realizado por meio de técnicas da Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC). O TOC é um subtipo de transtorno de ansiedade, podendo comprometer enormemente a qualidade de vida da pessoa. Ele é caracterizado, em especial, por pensamentos obsessivos e comportamentos compulsivos.

Pensamentos obsessivos

Os pensamentos obsessivos são ideias ou imagens que invadem a mente da pessoa, sem seu autocontrole e consentimento. Geralmente, são pensamentos e imagens de conteúdos sexuais bizarros, de doenças, de desgraças ou coisas nojentas. Não raro, a pessoa sabe que seus pensamentos sem sentido ou pouco reais, mas não consegue controlá-lo. Por exemplo, emergem imagens repetitivas na mente da pessoa com TOC, como sua mãe sendo estuprada no trabalho. Por mais que a pessoa tente se autocontrolar, os pensamentos e imagens obsessivos são intrusivos, fortes e automáticos.

Comportamentos compulsivos

Já os comportamentos compulsivos são rituais, manias e movimentos estereotipados. Geralmente, a pessoa os executa porque reduzem temporariamente a ansiedade: manias de limpeza, organização, ordem, perfeição, simetria etc. Por exemplo, a pessoa com TOC pode ligar imediatamente para a sua mãe no trabalho, rezar três Ave Maria e vestir a mesma camisa branca. Se não fizer esse ritual, a pessoa com TOC tem a sensação de que sua mãe realmente sofrerá alguma desgraça, o que aumento a sua ansiedade.

Considerações finais

A Terapia Cognitivo-Comportamental trata o TOC em “suas raízes”, por meio de estratégias mentais e comportamentais. Em poucas sessões, a pessoa com TOC aprende a melhor lidar com os seus pensamentos obsessivos e comportamentos compulsivos. O tratamento para TOC depende do interesse da pessoa em querer se tratar corretamente.

Cinco erros comuns no pensamento depressivos (leia).

Quatro erros comuns no pensamento suicida (leia).

 

Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG): o único tratamento eficiente

Read More
tag

O Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) tem uma forma bastante eficiente de tratamento: a Terapia Cognitivo-Comportamental (TCC). As pessoas estão diariamente e excessivamente preocupadas. Essa ansiedade exacerbada pode ocasionar também em doenças físicas, como dores de cabeça e úlceras. Por meio de técnicas da TCC, é possível melhorar bastante a ansiedade doentia.

Medicamentos e drogas não curam ansiedade

As drogas lícitas, como os medicamentos ansiolíticos e hipnóticos, não curam o TAG. Embora os medicamentos psiquiátricos sejam indispensáveis em alguns casos, eles atuam apenas no cérebro (parte física). As drogas ilícitas, como a maconha e o álcool, também não curam a ansiedade. Pelo contrário, elas podem desencadear outras doenças, como depressão e esquizofrenia. O TAG é uma moléstia mental e o tratamento é cognitivo e comportamental.

Tenha amor por sua saúde mental

Estima-se que entre 20% e 56% da população brasileira sofra de alguma doença mental, como ansiedade e depressão. Essas prevalências são muito altas, sendo um verdadeiro problema epidemiológico. Infelizmente, charlatões e estelionatários aproveitam das fragilidades das pessoas. Por exemplo, há pessoas prometendo “tratamento” por meio de florais de Bach, ASMR, meditação, yoga ou mesmo mandinga. A ansiedade, quando não é tratada corretamente, pode causar doenças psicossomáticas: dores de cabeça, ulceras, perda de cabelos, queda da imunidade e até mesmo diabetes e hipertensão.

Modelo cognitivo-comportamento de tratamento

A TCC possui modelos científicos e eficientes para o tratamento do TAG. A preocupação é um dos principais sintomas da ansiedade. No entanto, as distorções cognitivas e comportamentos desajustados são ainda mais importantes. Por exemplo, a probabilidade de uma pessoa morrer de acidente de carro é muito maior do que ela morrer de Covid-19. No entanto, as noticiais terroristas da pandemia na televisão deixam as pessoas preocupadas demais. Por isso, a única forma eficiente de tratamento da ansiedade é cognitiva e comportamental. O terapeuta cognitivo-comportamental atua na “reprogramação” da mente e dos comportamentos.

Considerações finais

A função do terapeuta cognitivo-comportamental é semelhante a de um engenheiro de softwares. Ele realiza a avaliação psicológica da pessoa, estabelecendo um diagnóstico. Como apresentado, a ansiedade é acompanhada por uma série de distorções cognitivas. As pessoas não deveriam deixar as suas ansiedades se transformarem num transtorno de ansiedade. A terapia cognitivo-comportamental tem um grande compromisso com as ciências empíricas, como averiguar a eficácia do tratamento.

Fale comigo.

Vantagens e desvantagens do atendimento psicológico online (leia).

Terapia online: total sigilo, conforto e discrição (leia).

#04: O único tratamento para ansiedade (Podcast, ouça).

Online therapist: how can I help you? ($28,15)

Read More
wasney_ferreira_logo

WAF Psychology: Online Counselling is a project developed for adults and youths. If you are English, Portuguese or Spanish speakers, I can help you. The project is based on Cognitive Behavior Therapy. We have many differentials and advantages in relation to others online services. Welcome to our website, and contact us to any question.

Differentials and advantages

  • Our sessions online has 1 hour and 30 minutes (Skype, $28,15)): you will have many times to yourself;
  • All sessions are recorded and analyzed offline: of course, if you agree with this part of the project;
  • All analysis is carried out in writing: in the final of the treatment, you will have his/her biography;
  • Our prices are very competitive ($28,15), because real is lower than american dollar ($1,oo=R$5,34);
  • Wasney de Almeida Ferreira is psychologist, master in linguistics and PhD in epidemiology.

 

 

Estou ficando louco na quarentena: seis indícios para se preocupar

Read More
ficando-louco-com-isolamento

Desconfia que uma pessoa próxima, ou mesmo você, está ficando louca na quarentena? Os pensamentos distorcidos são indícios de que a saúde mental da pessoa não está bem. A privação sensorial é uma técnica de guerra psicológica na pandemia que promove transtornos psiquiátricos. Abaixo, listamos seis tipos de pensamento distorcidos trabalhados na Terapia Cognitivo-Comportamental:

Catastrofização (adivinhação): você acredita que o futuro será uma desgraça, sem levar em consideração diversas outras possibilidades. Por exemplo, em seu íntimo, você tem grande certeza de que o mundo jamais voltará a ser o mesmo após a pandemia de Covid-19, independentemente das ações das pessoas.

Desqualificar ou desconsiderar o positivo: você desvaloriza as coisas boas e positivas, como se elas não fizessem muitas diferenças. Por exemplo, mesmo que desenvolvam uma vacina para o Covid-19, o que finalizaria a quarentena, você sabe, em seu íntimo, que as coisas não melhorarão tão cedo.

Raciocínio emocional: você acha que algo é verdadeiro por tê-lo sentido subjetivamente como real, independente dos fatos objetivos. Por exemplo, em seu intimo, você tem uma espécie de intuição espiritual, uma sensação realística, de que alguém próximo pegará Covid-19, numa espécie de fatalidade do destino.

Pensamento do tipo tudo ou nada (dicotômico): você enxerga uma situação sempre em duas categorias estanques, não num contínuo de possibilidades. Por exemplo, em seu íntimo, você acredita que as pessoas devem ser totalmente à favor ou contra a quarentena, pois um meio termo seria muito perigoso.

Rotulação: você rotula as pessoas e coisas de forma fixa e global, como se a realidade não fosse plástica e multifacetada. Por exemplo, em seu íntimo, as pessoas que trabalham na quarentena são bolsonaristas, porque o presidente é à favor ao fim imediato da quarentena.

Leitura mental: você tem uma espécie de certeza intima de que consegue saber o que as pessoas estão pensando e imaginando. Por exemplo, em seu intimo, você sabe que as pessoas nas redes sociais estão lhe vigiando e fazendo chacotas, pois você tem encarado grande dificuldades na quarentena.

Geralmente, a pessoa que passa por problemas psicológicos perde o senso crítico sobre a sua própria saúde mental. Um dos grandes desafios da saúde mental é convencer a pessoa de que precisa de ajuda especializada. Ela geralmente é a última pessoa a perceber que está literalmente ficando louca na quarentena.

avaliação-psicológica-grátis

“Ela geralmente é a última pessoa a perceber que está literalmente ficando louca na quarentena…”

 

 

 

Sintomas de depressão: faça avaliação grátis

Read More
avaliacao-psicologica-gratuita

Se você acha que está com sintomas de depressão, então faça uma breve avaliação psicológica gratuita no WAF Psicologia: Atendimentos Online. As pseudociências aproveitam da fragilidade psicológica das pessoas para ganhar dinheiro fácil, injusto e desonesto. Elas utilizam técnicas de hipnose e manipulação, que são capazes de introduzir falsas memórias nas pessoas (vide, vide). Quem não conhece pessoas que fizeram “terapias alternativas” por anos e acabaram ainda mais confusas, dependentes e doentes? Foi pensando em combater o charlatanismo que disponibilizamos gratuitamente a “Escala de Depressão de Beck”. Essa escala científica, que avalia sintomas de depressão, é utilizada em vários países, como no Beck Institute for Cognitive Behavior Therapy. Embora uma avaliação psicológica seja muito mais complexa, após responder o questionário, aguarde que lhe daremos um retorno gratuito por e-mail.

Dicas de saúde mental na pandemia: guerra e terrorismo psicológicos

Read More
dicas-saúde-mental-pandemia

Aprenda algumas dicas de saúde mental na pandemia para se proteger da guerra e do terrorismo psicológicos dos meios de comunicação. Eles raramente apresentam as informações sobre a pandemia de forma objetiva, neutra e impessoal. Eles geralmente expõem as informações de forma parcial, distorcida ou politizada. Os meios de comunicação estão deixando as pessoas depressivas, ansiosas e excessivamente preocupadas com a pandemia.

O terrorismo psicológico dos meios de comunicação é uma estratégia internacional de guerra psicológica: a Teoria da Subversão. O menticídio foi uma estratégia de propaganda promovida pelos nazistas e soviéticos para subjugar as pessoas ao totalitarismo. Esse terror psicológico pode desencadear fenômenos psicopatológicos, não unicamente ansiedade e depressão, mas também paranoia e histeria coletivas. Quem não teve algum momento de perturbação mental durante a quarentena, como uma dor de cabeça ou mal-estar, acreditando ter sido contaminado?

Os meios de comunicação utilizam as heurísticas da disponibilidade como formas de manipular e controlar a opinião pública. As heurísticas são atalhos cognitivos, automáticos e inconscientes utilizados na tomada de decisão. Isso se torna ainda mais grave durante a quarentena, porque o isolamento social favorece alterações psíquicas, como ilusões, alucinações e delírios. Por exemplo, notícias repetitivas de mortes, imagens de caixões e cemitérios (associadas ao isolamento) destroem as resistências psicológicas: as pessoas já não sabem o que é realidade ou fantasia (vide).

A pandemia se tornou num palanque para a politicagem, cabe a nós não sermos os “palhaços desse picadeiro”. As pessoas não deveriam dar tanta importância para os meios de comunicação, uma vez que promovem guerra e terrorismo psicológicos. Há muitas fake news nos meios de comunicação, erros grosseiros de conceitos da epidemiologia. As dicas de saúde mental na pandemia são procurar informações em pessoas que tenham o compromisso com a verdade, a liberdade e a ética.

“Proteja-se da guerra e do terrorismo psicológicos dos meios de comunicação!”.

Alguns de nossos artigos

Depressão não é frescura (leia).

Cinco erros comuns no pensamento depressivo (leia).

Quatro erros comuns no pensamento suicida (leia).

Conheça nossa proposta de tratamento psicológico (leia).

Fale comigo.

 

Tratamento cognitivo-comportamental da depressão: como funciona?

Read More
tratamento-cognitivo-comportamental-depressão

Como funciona o tratamento cognitivo-comportamental da depressão? A psicologia cognitivo-comportamental é uma das abordagens psicológicas mais efetivas no tratamento da depressão. O modelo cognitivo da depressão foi desenvolvido a partir de estudos científicos empíricos. Sem a aplicação dos princípios cognitivos-comportamentais, a pessoa terá grande dificuldade de sair sozinha da depressão.

Por meio de estudos científicos, a terapia cognitivo-comportamental descobriu que a depressão é causada por distorções cognitivas. O humor triste (um dos traços da depressão) são consequências de erros de raciocínio, memória, atenção, resolução de problemas etc. A pessoa depressiva está com a mente “bugada” e o psicólogo cognitivo-comportamental a ajuda na “reprogramação”. A saúde mental de uma pessoa pode ser prejudicada caso recorra a “psicoterapias” sem comprovações científicas.

Por exemplo, o modismo do “gratiluz” (“entrego, confio, aceito e agradeço”) pode agravar os pensamentos distorcidos da depressão. Aquelas repetições reforçam os pensamentos mágicos, comuns nas ruminações depressivas e no Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC). Ao invés da pessoa sair da depressão, o “gratiluz” pode induzir a pessoa depressiva a problemas cognitivos mais graves, como ideações suicidas.

O tratamento cognitivo-comportamental tem o compromisso de ser resolutivo: ajudar a pessoa realmente a sair da depressão e alcançar melhor qualidade de vida. A autoajuda, o espiritualismo e “terapias” new age podem aumentar ainda mais as distorções psicológicas. A depressão é uma doença grave, não é só tristeza profunda, mas um transtorno psicopatológico acompanhado por diversas alterações cognitivas.

Sintomas de depressão: não é só tristeza (leia).
Cinco erros comuns no pensamento depressivo (leia).
Quatro erros comuns no pensamento suicida (leia).
Os antidepressivos não curam: podem ser fuga da realidade (leia).
Palestras motivacionais: charlatanismo e hipnose (leia).

Fale comigo!
Sobre mim!

*

O direito de ser feliz: “eu só quero ser feliz!”

Read More
quero-ser-feliz

Quantas pessoas dizem “eu só quero ser feliz” em seus cotidianos, sem refletirem nas reais causas desses vazios existenciais? Elas, sobretudo os mais jovens, estão cronicamente insatisfeitas com a vida, não se contentam com nada e com ninguém. Elas foram contaminadas por um falso Estado de Bem-Estar Social da última década, por acreditarem que possuem, até mesmo, direitos em serem felizes.

Todos os direitos do Estado de Bem-Estar Social possuem, de forma implícita, pressuposta e ardilosa, deveres correlacionados. Se temos direitos à saúde, educação e segurança públicas, então é dever do Estado assegurá-los completamente. Se temos direitos a transporte, moradia e lazer, então alguém tem o dever de assegurá-los completamente. Direitos e deveres são fenomenos interdependentes, assim como comprar e vender!

“Eu só quero ser feliz! Eu tenho o direito de ser feliz!”. Mas, quem tem o dever de o fazer feliz?

Agora, generalize as relações entre direitos e deveres de um Estado de Bem-Estar Social para a vida cotidiana… Há esposas que acreditam que seus esposos possuem deveres em fazê-las felizes. Também, há filhos que acreditam que seus pais são obrigados a significarem suas vidas vazias nas redes sociais. Por absurdo que pareça, há alunos que creem que os professores são obrigados a mantê-los motivados e atentos em salas de aula.

As pessoas estão cronicamente insatisfeitas com a vida, por influências de um falso Estado de Bem-Estar Social da última década. Elas acreditam que possuem direito a tudo, inclusive a felicidade, e estão sempre a procura de alguém para assegurar os seus “direitos”. O falso Estado de Bem-Estar Social da última década é apenas mais uma técnica de engenharia social: mantenha-se cronicamente insatisfeito, enlouqueça e requeira mais direitos!

Fale comigo.

Atendimento Psicológico Especializado.

Terapia online: total sigilo, conforto e discrição

Read More
psicoterapia-online

A terapia online, quando comparada ao atendimento psicológico presencial, proporcional total sigilo, conforto e discrição. Algumas pessoas sentem-se envergonhadas, inseguras ou expostas ao procurarem um psicólogo presencial. Na terapia online, apenas a pessoa atendida e o psicólogo saberão acerca do atendimento psicológico via Skype.

“Se eu procurar um psicólogo presencial, meus amigos pensarão que sou louco, fraco ou confuso”, pensam os tímidos. “Caso eu frequente um psicólogo presencial, meu marido descobrirá acerca de meus conflitos no casamento”, pensam as sigilosas. “Se eu procurar um psicólogo presencial, a mídia divulgará que sou usuário de drogas”, pensam pessoas públicas. Com a WAF Psicologia: Atendimento Online, esses empecilhos acabaram!

A pessoa atendida tem total sigilo, conforto e discrição na terapia online, a menos que ela conte para outras pessoas. Vale destacara que o trabalho do psicólogo, seja ele presencial ou online, já é calcado na ética profissional, com total sigilo. A terapia online é um avanço da psicologia moderna, por ser um conjunto de serviços adaptados a Era Digital e Tecnológica.

Vantagens e desvantagens do atendimento psicológico online. (Leia)

Vantagens do atendimento psicológico online na depressão. (Leia)

Sintomas de depressão: não é só tristeza. (Leia)

Conheça o Atendimento Psicológico Especializado. (Leia)

Fale comigo, tire suas dúvidas!