Tráfico de órgãos: mais rentável que tráfico de drogas

tráfico de órgãos

O tráfico de órgãos dá mais dinheiro que o tráfico de drogas, ficando abaixo apenas do tráfico de armas. Os países que mais realizam turismo para tráfico de órgãos são China, Índia e Paquistão. O tráfico de órgãos está dentre os dez crimes mais cometidos no mundo. Apesar disso, pouco se fala do tráfico de órgãos na mídia, como se o problema não existisse na saúde.

A América Latina tem elevadas taxas de tráfico de drogas e armas, mas pouco se sabe acerca do tráfico de órgãos. No Brasil, a venda de órgãos é proibida, mas há a possibilidade de doação, como em casos de morte encefálica. O sistema de transplante público brasileiro é o maior do mundo. Baseado na corrupção brasileira, podemos questionar se há tráfico de órgãos no país.

O tráfico de órgãos é um “crime de colarinho branco”, que envolve o corporativismo médico corrupto. Muito se fala dos traficantes de drogas das favelas, m a s nunca dos traficantes de órgãos dos hospitais. Quem imaginaria que o tráfico de órgãos dá mais dinheiro que o tráfico de drogas se a mídia sempre mostra os médicos como “instrumentos de Deus”?

Profissional de saúde com problemas psicológicos? Fale comigo.


WAF PSI© (31) 9 9385 6239, Contagem, MG, Brasil.