Dialética marxista: dividir para dominar

Read More
karl-marx

A dialética marxista é utilizada para dividir a sociedade brasileira. Os brasileiros permanecem presos em falsas oposições marxistas. Assim, os brasileiros brigam sem perceberem que são manipulados. Quantos amigos se tornaram inimigos devido a lavagem cerebral marxista? Quantas brigas entre familiares hipnotizados pelas propagandas marxistas?

  • Direita vs esquerda
  • Branco vs preto
  • Homem vs mulher
  • Heterossexual vs LGBT
  • Rico vs pobre
  • Patrão vs empregado
  • Professor vs aluno
  • Técnico vs universitário
  • Exatas vs humanas
  • Favela vs asfalto

Essas falsas oposições foram introduzidas propositalmente no Brasil. Elas foram introduzidas exatamente para dividir a sociedade brasileira. Os brasileiros brigam sem se darem conta de que um povo dividido é mais facilmente dominado. A dialética marxista é o velho estratagema “dividir para dominar”.

Fale comigo.

————

“A lavagem cerebral, lavagem de cérebro, reforma de pensamento ou reeducação é qualquer esforço constituído visando a mudar certas atitudes e crenças de uma pessoa – crenças estas consideradas indesejáveis ou em conflito com as crenças e conhecimentos das outras pessoas – utilizando-se, para tal, de métodos agressivos, como cansaço, substâncias químicas e persuasão, aplicados sobre pessoas que estão privadas da livre determinação de sua vontade (como prisioneiros de guerra, por exemplo). Por meio da lavagem cerebral, indivíduos passam a ter opiniões que não teriam se estivessem em condições de plena liberdade”. (Wikipedia)

 

Psicólogo online: como encontrar um bom?

Read More
encontrar-psicoterapeuta-online

Como encontrar um bom psicólogo online no meio de tantos charlatões, espiritualistas e gurus na internet? Infelizmente, muitas pessoas se dizem psicoterapeutas na internet, sem serem realmente psicólogos. Há muito charlatanismo na internet e muitas pessoas são facilmente enganadas e manipuladas. Abaixo, darei algumas dicas importantes para encontrar um bom psicólogo online:

  1. Tenha consciência de que você está vulnerável psicologicamente;
  2. A fragilidade psicológica o coloca em risco de enganações, hipnoses e abusos;
  3. Previna-se de falsos psicoterapeutas, como espiritualistas, gurus e conselheiros;
  4. Desconfie de curas milagrosas, mudanças rápidas e felicidade plena;
  5. Desconfie de pessoas muito humanizadas, puras e solidárias;
  6. Investigue se o “psicoterapeuta” é realmente um psicólogo de formação;
  7. Averigue se o psicólogo online tem CRP ativo no Conselho de Psicologia;
  8. Confira se o site tem o selo de segurança do Conselho de Psicologia;
  9. Saiba que psicologia é uma complexa área científica, filosófica e ética;
  10. Entenda que psicologia não é conselho, bate-papo e autoajuda;
  11. Pergunte ao psicólogo online se tem um projeto psicoterápico de intervenção;
  12. Pergunte-o com quais abordagens psicológicas trabalha clinicamente;
  13. Pergunte-o se há evidência científicas de efetividade dessas abordagens;
  14. Pergunte-o quais os métodos e técnicas psicológicas são utilizados;
  15. Pergunte-o se os testes e questionários possuem validade científica;
  16. Pergunte-o acerca de suas formações, experiências e aperfeiçoamentos.

Ao procurar um psicólogo online, saiba que há muitas pessoas na internet que se dizem psicoterapeutas, sem serem realmente psicólogos. Há até mesmo vídeos de ASMR, não raro irresponsáveis, propondo “tratamentos” para doenças mentais graves, como transtornos de pânico. Conheça o projeto psicoterápico Atendimento Psicológico Especializado, da WAF Psicologia, e garanta logo a sua vaga.

Fale comigo.

Crédito social: o Big Brother da vida real

Read More
big-brother-filme

O crédito social é o Big Brother da vida real, já existente na China e em expansão para a Austrália. Na China, as pessoas são vigiada por câmeras de reconhecimento facial. As câmeras são interligadas por inteligência artificial em banco de dados com informações da pessoa. As pessoas que não obedecem as elites perdem crédito social, podendo ser punidas de várias formas. Os capitalistas e comunistas uniram-se para escravizar o mundo: é o Big Brother do Filme 1984, de George Orwell.

Por que o Big Brother existe em vários países a mais uma década? Ele foi implantado, pelas elites mundiais, com o propósito de habituar as novas gerações. O Big Brother aplica técnicas de controle do comportamento, manipulação e lavagem cerebral. As provas de resistência, isolamentos sociais e constrangimentos são exemplos. Enfim, quem cresceu vendo Big Brother acha normal ser vigiado, controlado e monitorado por câmeras.

O crédito social no Brasil, em relação a saúde pública, seria assim… Por exemplo, você consome muita cerveja, carne gorda, não pratica exercícios físicos, tem colesterol e pressão altos. Caso viole as políticas públicas da saúde, perderá créditos sociais, porque as elites detêm as suas informações. Eles sabem que você comprou cervejas e torresmos no supermercado X, as 19h, para ir ao aniversário… No final, com baixo crédito social, você terá enormes dificuldades em conseguir o que precisa!

Os comunistas e capitalistas, as elites mundiais, uniram-se num projeto de escravidão por meio da implantação do Big Brother. As elites mundiais violam os Direitos Naturais, como a liberdade, individualidade e privacidade. Eles utilizam câmeras de reconhecimento facil e inteligẽncia articifial para finalidades tirânicas. O Big Brother da vida real é o desejo doentio das elites mundiais em serem Deus: onisciência, onipresença e onipotência.

Conheça o Atendimento Psicológico Especializado.

Socialistas e capitalistas: os complementares do nazifascismo

Read More
socialistas-capitalistas

Os socialistas e capitalistas não são excludentes, mas os complementares do nazifascismo. Enquanto os socialistas estatizam, os capitalistas privatizam. Enquanto os capitalistas emprestam dinheiro aos países, os socialistas promovem políticas públicas. No final, as pessoas são escravizadas por meio da dívida pública e os nazifascistas tornam-se donos do mundo.

Os socialistas diziam “Vamos investir no pré-sal e 75% será para educação e 25% para saúde”. Os brasileiros apoiaram a política pública, o que requeria investimentos. No entanto, após tudo pronto, geraram crises e venderam o pré-sal para grandes corporações. Conclusão, os nazifascistas são donos do pré-sal e os brasileiros quem pagam a dívida pública.

Os socialistas diziam “Precisamos investir no SUS, criar novos hospitais”. Os brasileiros apoiaram a política pública. Então, os socialistas pegaram empréstimos em bancos para construírem hospitais públicos. No entanto, após tudo pronto, geram crises e privatizam os hospitais públicos. Conclusão, os nazifascistas são donos dos hospitais e os brasileiros escravizados pela dívida pública.

Os banqueiros estão se tornando donos do mundo, ao mesmo tempo em que escravizam os países por meio das dívidas públicas. Não existem contradições entre estatistas e liberais, pois são os pilares do corporativismo monopolista do nazifascismo. Não é por acaso que os movimentos sociais geralmente são financiados por fundações “filantrópicas” de bilionários.

Não é por acaso que o suicídio aumenta… que a depressão aumenta… antidepressivos não curam…

* BARROSO, Gustavo. Brasil: Colônia de Banqueiros (História dos empréstimos de 1824 a 1934). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira S/A, 1936.

Fale comigo.

 

ASMR é perigoso?

Read More
asmr-é-nocívo

O ASMR (“Autonomous Sensory Meridian Response”) é um conjunto de respostas neurofisiológicas autonômicas. O ASMR é desencadeado por estímulos sensoriais, sobretudo auditivos e visuais. Os cochichos, movimentos de mãos e sons de boca eliciam várias reações corporais prazerosas. O ASMR é experimentado como relaxamento, formigamento, sonolência e mesmo hipnose. O ASMR é perigoso, por envolver hipnose, teatralidade (role-playing) e condicionamentos psicológicos?

Youtubers não são psicólogos*

No YouTube, há muitos vídeos de ASMR para “tratar” doenças mentais, como ansiedade, insônia, depressão e até mesmo síndrome do pânico. Em minha opinião, esses youtubers estão sendo irresponsáveis, injustos e desonestos ao oferecerem “tratamentos” para doenças mentais. Primeiro, como os estudos científicos de ASMR são recentes, não sabemos seus efeitos benéficos e colaterais na saúde mental. Segundo, os youtubers não são profissionais da saúde mental, não possuem conhecimentos especializados.

O ASMR envolve mecanismos neurológicos, fisiológicos e psicológicos complexos: a ciência tem os estudado na atualidade. O ASMR envolve hipnose, linguagem simbólica, condicionamentos psicológicos. Ele mobiliza neurotransmissores viciantes, como dopamina e serotonia, alterando a senso-percepção. Os aspectos hipnóticos, teatrais (role-playing) e regressivos do ASMR (como os sons de boca que remetem a primeira infância) podem ser prejudiciais a algumas pessoas. Abaixo, darei algumas opiniões como profissional da saúde mental!

O ASMR pode agravar os sintomas alucinatórios e delirantes em portadores de psicose, como esquizofrênicos e depressivos graves. Ele pode agravar os transtornos de esquema e imagem corporais em portadores de transtornos somatoformes e psicogênicos, como histéricas e anoréxicas. O ASMR pode levar portadores de transtornos de personalidade ao suicídio, como histriônicos e boderlines. Em resumo, o ASMR pode sim ser prejudicial a algumas pessoas, por envolver hipnose, teatralidade (role-playing) e condicionamentos psicológicos.

Considerações finais

O ASMR deve ser utilizado com MUITA ressalva, não podendo ser vulgarizados, assim como fazem muitos youtubers ao proporem “tratamentos” para doenças mentais. Apesar disso, há um grande potencial de que o ASMR seja utilizado clinicamente, com auxilio especializado de psicólogos e profissionais da saúde. O ASMR é um campo novo de pesquisa científica e ainda precisamos conhecer seus efeitos benéficos e colaterais na saúde mental. O ASMR é perigoso sim!

Como é o ASMR no cérebro? (Leia)

ASMR para depressão funciona? (Leia)

Vantagens e desvantagens do atendimento psicológico online (Leia)

Fale comigo!

 

valor-da-sessão-ampliada

* Neste artigo, critico apenas os vídeos de ASMR que mencionam doenças mentais, como pânico, depressão e fobias. Doenças mentais são problemas graves e não podem ser banalizados pelos youtubers.

Os antidepressivos não curam: podem ser fuga da realidade

Read More
medicamentos-antidepressivos

Os antidepressivos, ao contrário do que muitos pensam, não curam: podem ser fuga da realidade. Esses medicamentos apenas mudam a fisiologia do cérebro, obviamente, sem alterar a realidade. Enquanto algumas pessoas cheiram cocaína para melhorar o humor, outras se entopem de antidepressivos.

O Brasil é um país com fortes traços totalitários, autoritários e escravocratas. Os antidepressivos não curam corrupções, crises políticas e econômicas (não raro, geradas propositalmente). Os antidepressivos também não curam traições, injustiças e vazio existencial. Esses são fatos reais que promovem depressão, mas as pessoas precisam encarar a realidade.

As pessoas têm o péssimo hábito de fugir da realidade, como fazer piadinhas e se entreter com idiotices. Elas procuram falsas religiões, autoajuda e pseudociências tentando melhorar o humor. Não raro, acabam mais depressivas, com ideias delirantes e alucinatórias. Quantas ideias malucas as pessoas inventam para fugir da realidade e acabam suicidando?

Aqui, vale destacar que os depressivos têm a percepção da realidade, a memória e o raciocínio comprometidos. Ao encararem a realidade, os depressivos melhoram o humor, por descobrirem as suas potencialidades. Por isso, é de fundamental importância que os depressivos tenham sempre consciência de que suas mentes estão “bugadas”.

Os antidepressivos são utilizados de forma banalizada e irresponsável, sendo verdadeiros problemas de saúde pública. Muitas pessoas têm dificuldades em encarar a realidade, mas podem desenvolver competências psicológicas. WAF Psicológica: Atendimento Online (sessão 1h30min) é uma clínica onde a depressão é tratada em suas “raízes”.

Fale comigo.

Tráfico de órgãos: mais rentável que tráfico de drogas

Read More
tráfico de órgãos

O tráfico de órgãos dá mais dinheiro que o tráfico de drogas, ficando abaixo apenas do tráfico de armas. Os países que mais realizam turismo para tráfico de órgãos são China, Índia e Paquistão. O tráfico de órgãos está dentre os dez crimes mais cometidos no mundo. Apesar disso, pouco se fala do tráfico de órgãos na mídia, como se o problema não existisse na saúde.

A América Latina tem elevadas taxas de tráfico de drogas e armas, mas pouco se sabe acerca do tráfico de órgãos. No Brasil, a venda de órgãos é proibida, mas há a possibilidade de doação, como em casos de morte encefálica. O sistema de transplante público brasileiro é o maior do mundo. Baseado na corrupção brasileira, podemos questionar se há tráfico de órgãos no país.

O tráfico de órgãos é um “crime de colarinho branco”, que envolve o corporativismo médico corrupto. Muito se fala dos traficantes de drogas das favelas, m a s nunca dos traficantes de órgãos dos hospitais. Quem imaginaria que o tráfico de órgãos dá mais dinheiro que o tráfico de drogas se a mídia sempre mostra os médicos como “instrumentos de Deus”?

Profissional de saúde com problemas psicológicos? Fale comigo.